UNINTER
Para saber o valor da mensalidade preencha os campos abaixo:
Selecione um estado

O curso tem como objetivo capacitar profissionais para atuarem na interface entre a paisagem, o ambiente construído e natural de modo a privilegiar a relação entre a proteção e conservação dos recursos paisagísticos e ambientais e produção social. De modo que, a urbanização, a aceleração de ocupação desordenada das cidades, o aumento das redes de transporte, a demanda energética, as práticas agrícolas, a desertificação, as mudanças climáticas e as ações múltiplas do homem, são algumas das alterações que impactam no planeta e no habitat humano, impondo tomadas de decisões em consideração à arquitetura da paisagem e suas relações com a natureza e o espaço projetado.
Este curso de pós-graduação, portanto, pretende estabelecer, de modo multidisciplinar o espaço paisagístico, o qual corresponde à realidade física, formada pelos elementos naturais e minerais – relevo, solo, clima, água, biodiversidade, e os elementos que resultam da intervenção do homem – ambiente construído, planejamento urbano e paisagístico, produção, agricultura, energia, infraestrutura, circulação de pessoas, informação, comunicação, iluminação entre outros.


De forma específica, com base nos estudos técnicos, teóricos e estudos de caso, o estudante será estimulado a:


a) Desenvolver no estudante a competência de analisar de modo sistêmico os projetos e obras paisagísticas em espaços livres, coletivos, públicos, residenciais, comerciais e culturais;
b) Contribuir no processo de ensino-aprendizagem do estudante sobre aplicação de estratégias sustentáveis em projetos e obras paisagísticas;
c) Capacitar profissionais para analisarem as tendências nacionais e globais que influenciam a paisagem o ambiente natural e construído;
d) Favorecer a oportunidade de conhecer sobre áreas multidisciplinares que se integram com o estudo da arquitetura da paisagem, como iluminação, arquitetura bioclimática, acessibilidade e ergonomia, tecnologias, gestão de riscos, aspectos jurídicos e percepção sensorial baseada em emoção, aprendizado e memória;

 

DIFERENCIAIS:

  • O curso conta com um corpo docente com titulação obedecendo ao disposto na Resolução CNE 01/2018 e autonomia pedagógica para ministrar o curso.
  • A disciplinas tem atividades on line disponibilizadas no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) com estudos de caso relativos às disciplinas do curso.
  • O curso conta com uma tutoria especializada de docentes, pois é um serviço de acolhida e acompanhamento, de orientação e de avaliação, oferecida aos alunos.

PÚBLICO-ALVO

O curso tem conexão com profissionais que estejam interessados em se conectar com conhecimentos ambientais, técnicos, funcionais e artísticos em arquitetura paisagística e tenham como foco privilegiar a relação entre a proteção e conservação dos recursos paisagísticos e a produção do espaço projetado.
Profissionais das áreas de arquitetura, urbanismo, design, engenharias, artes, biologia, gestão, turismo, geografia e todos que estejam interessados em melhorar ou desenvolver habilidades e estratégias em paisagismo, desde o projeto até a etapa de implantação.

Obs. Para profissionais que não tem habilitações específicas na sua formação, o curso de especialização não habilita profissionais para elaboração ou execução de projetos de arquitetura, de arquitetura de interiores, arquitetura paisagística, acessibilidade, iluminação e ergonomia em edificações e no espaço urbano.

 

MERCADO DE TRABALHO

O campo de atuação dos profissionais da paisagem envolve as questões ambientais, geográficas e sociais para redefinir as relações entre as demandas sociais da qualidade de vida, o trabalho de concepção do planejamento espacial e a avaliação do território urbano.
Possibilita engajar-se em empreendimentos nas áreas de paisagismo sustentável, por meio de energias renováveis, irrigações com sistemas reaproveitáveis, mobiliários e muitos outros.

Além disso, considerando que um projeto paisagístico valoriza um empreendimento imobiliário em torno de 20% a 30%, há uma expansão no mercado para profissionais na área paisagística em edifícios, shoppings, hotéis, espaços de lazer, entretenimento, residenciais, comerciais... No âmbito do paisagismo urbano, que consiste em espaços livres, coletivos e públicos, ocorre um impacto social positivo, traduzindo também na vaorização do mercado imobiliário. Dessa forma, o mercado de trabalho oportuniza profissionais da área pública e privada para atuarem com paisagismo de modo consciente e sustentável.